Funcionários da Riacho Grande entram em greve

Os funcionários da empresa Riacho Grande, dona de grande parte dos ônibus intermunicipais do Estado de São Paulo, entraram em greve hoje. A empresa não revelou o motivo. Não há previsão de volta dos funcionários.

A parte crítica da paralisação do tráfego de veículos é o trecho de São Paulo até São Bernardo do Campo. As linhas 152, 152, 154, 004 e 431, que saem do Terminal Sacomã e vão até a cidade do ABC, são as que estão inoperantes.

O GuIgO NewS entrou em contato com a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e com a Riacho Grande. Ambas não têm previsão nem informações sobre a greve. Inclusive a moça que nos atendeu, Fernanda, riu ao ser questionada se tinha previsão de volta.

Histórico sujo

Não faltam motivos para os usuários das linhas em greve se enfurecerem. Além dos ônibus ruins e velhos, há enormes foruns de reclamações na Internet sobre o comportamento desrespeitoso dos motoristas dos ônibus e o tempo de espera dos veículos.

Em declarações anônimas, devido à segurança do reclamante, as pessoas alegam que os funcionários pulam pontos e que esperam mais de 40 minutos nos terminais em dias úteis. “Hoje cheguei ao ponto de ônibus
às 8h58 para pegar o 431 e ele só passou às 9h40. Isso é um absurdo!  Isso é uma falta de respeito com os usuários que infelizmente dependem dessa linha para ir até São Paulo. Isso porque hoje é dia de semana, imagine nos fins de semana ou feriados”, disse um dos passageiros no Fórum Reclame Aqui.


Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Geral, Rotina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s