Valorizando o que importa: a vitória

A partir desta temporada, o piloto que mais vencer, e não o que mais pontuar, será o campeão do Campeonato Mundial da Fórmula 1. A decisão foi feita pelo Conselho Mundial da FIA – Federação Internacional de Automobilismo.

Repito: não mais será campeão aquele que mais ficar em segundo e somar pontos, mas sim o que mais vencer!

Então, para que servirá os pontos? Simples, em caso de empate eles serão usados para desempatar.

Não gostei

A “revelação” da temporada, o brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP, disse ao UOL que não aprova a mudança. “Quem tem de ganhar o campeonato é quem faz mais pontos, o que sempre aconteceu. Às vezes ficamos tristes pela regularidade de gente que venceu menos, mas imagina só uma equipe ganhando seis provas no começo do ano. Isso acaba com o campeonato”, falou Rubinho.

Rubinho sabe que dessa forma a Ferrari tem a maior chance de vencer alguma coisa.

É que o caso da Ferrari é simples também. A equipe disputaria em qualquer nível e teria chances de vencer da mesma forma.

A Brawn GP, não.

Um abraço.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Fórmula 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s