Um ano sem William Morais

William Morais descansando em treinamento pelo América-MG

O dia 6 de Fevereiro de 2011 ficou marcado na história do futebol por um fato muito ruim. O atacante William Morais estava saindo de uma balada em Belo Horizonte a e reagiu a um assalto. Resultado: o jovem de 19 anos foi baleado no tórax e faleceu imediatamente.

William Francis de Oliveira Morais tinha futuro no futebol. A altura, a inteligência, foram alguns dos motivos que fizeram com que Mano Menezes confiasse no talento dele. Na época que morreu, ele estava emprestado ao América Mineiro, para adquirir ritmo de jogo e voltar mais rodado ao Timão.

Eu estava no Pacaembu, quando ele marcou o primeiro gol com a camisa do Corinthians. Foi no dia 10 de Outubro, um domingo nublado, onde o Atlético Goianiense calou quase 30 mil torcedores. O Corinthians de Adilson Batista perdia por 4×1, quando William entrou e diminuiu para 4×2. O alvinegro ainda conseguiu fazer mais um com o zagueiro Thiago Heleno, mas não foi o bastante para evitar a queda de Adilson do comando do Timão.

William ainda marcou mais dois gols com a camisa do Corinthians e jogou três vezes pelo América-MG.

Pouco se detalhou a respeito da morte do jovem, que teria hoje 20 anos, mas nada justifica o que os três homens que participaram do assassinato dele fizeram. Aparentemente a Justiça funcionou no caso e aplicou mais de 20 anos de prisão para cada um dos envolvidos.

O América-MG na época entrou em luto por três dias, mas hoje não relembrou a morte do rapaz, pelo menos no site oficial até às 19h não havia nada. Mais triste ainda é o Corinthians, que divulga qualquer coisa no website, também não fazer nenhuma lembrança.

O site Meu Timão fez uma entrevista em Novembro do ano passado com Cris Oliveira, mãe de William. Vale a pena conferir.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Corinthians

4 Respostas para “Um ano sem William Morais

  1. Fiquei chateado com a morte dele. Tinha muito a viver e muita bola para jogar. Estava com você neste jogo do primeiro gol dele como profissional. Foi uma das poucas coisas boas daquele dia além da companhia dos amigos.
    Uma cena que me emocionou bastante foi a presença da mãe do William no jogo entre Corinthians e América-MG no Pacaembu. O cinegrafista a filmou chorando muito ao lembrar do falecido filho. Senti muita tristeza por ela =/

  2. Raphaela Bacic

    Fizemos uma matéria com a mãe dele no final do ano passado, gui! Foi um dos dias mais tristes da minha vida! Não conseguia editar o vt.. chorei muito e levei 6 horas pra editar um vt que costumo demorar 1 hora no máximo! Muito triste! =/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s